TV Assembleia

Inicial | Notícias | Programação Diária | Fale Conosco
17-08-17 10:12

Taxa de desemprego cai no segundo trimestre, diz IBGE

Única região onde não houve redução foi o Nordeste

A taxa de desocupação caiu no Brasil durante o segundo trimestre de 2017. O dado foi divulgado nesta quinta-feira (17) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e fazem parte da Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua). No período, o índice de desocupação ficou em 13%, o equivalente a 13,4 milhões de pessoas. 

A redução é de 0,7 ponto percentual em relação ao primeiro trimestre de 2017, quando a taxa alcançou o recorde histórico de 13,7%. Quando comparada com o 2º trimestre de 2016 (11,3%), houve aumento de 1,7 ponto percentual.

A retração apareceu em todas as regiões do País. No Nordeste, no entanto, o índice é considerável estável. A maior queda, segundo o IBGE, foi no Norte, que passou de 14,2% para 12,5%, e no Centro-Oeste (de 12% para 10,6%). No Sudeste, o percentual de desocupados passou de 14,2% para 13,6%; no Sul, houve recuo de 9,3% para 8,4%; e no Nordeste, baixou de 16,3% para 15,8%.

Aumento
Pernambuco e Alagoas concentram as maiores taxas de desocupação no País. Em ambos os estados, inclusive, houve aumento do índice. No primeiro, o percentual subiu de 17,1% para 18,8%. Já em Alagoas, o IBGE contabilizou 17,8% da população sem trabalho, contra 17,5% do primeiro trimestre.

Ocupação
A população ocupada no segundo trimestre de 2017 foi estimada em 90,2 milhões de pessoas. Entre os trabalhadores do setor privado, 75,8% tinham carteira assinada.

No período, o rendimento médio real dos  brasileiros se manteve estável em R$ 2.104.



Edição: Site TV Assembleia do Piauí

Fonte: Portal R7




mais noticias




R. Desembargador Mota, Sem Número - Monte Castelo - Teresina/PI (86) 3133-3000
Copyright © 2013 - Assembleia Legislativa do Piauí