TV Assembleia

Fale Conosco | Notícias
07-07-20 15:05

IBGE - Parnaíba e Luís Correia se destacam nacionalmente na atração de pessoas para atividades culturais

a pesquisa também considera a quilometragem percorrida em busca de outras manifestações culturais, como shows e festividades

As cidades de Parnaíba e Luís Correia, no litoral piauiense, são destaques nacionalmente pela atratividade de pessoas para atividades culturais, de acordo com a pesquisa realizada pelo IBGE. Parnaíba se notabiliza pela quantidade de pessoas que visitam a cidade e Luís Correia se destaca por atrair pessoas que percorrem longas distâncias. Além dos deslocamentos para ter acesso a equipamentos culturais especializados, como cinemas, teatros e museus, a pesquisa também considera a quilometragem percorrida em busca de outras manifestações culturais, como shows e festividades.

Os deslocamentos para Parnaíba em busca de atividades culturais (dentre elas festas e festivais) se sobressaem em meio aos outros fins pelos quais a população de outros municípios visita a cidade. Entre as cidades do país na mesma situação, em que a atração para fins culturais é muito superior a outras finalidades, Parnaíba se destaca como a 15ª com maior índice de atratividade, com possibilidade de atrair até 114.464 visitantes.

O índice de atração aponta a quantidade potencial de pessoas que um município pode atrair para a aquisição de determinado bem ou serviço. Esse índice não corresponde ao número de pessoas que efetivamente se deslocam às cidades, mas oferece um parâmetro comparativo da atração entre diferentes municípios.

Já Luís Correia atrai pessoas que fazem os maiores deslocamentos do país em busca de atividades culturais: a cidade chega a receber moradores de Imperatriz (MA), a mais de 700 km de distância, para esta finalidade. O município piauiense é uma exceção, pois os deslocamentos para essa temática são, geralmente, curtos e regionalizados. A média percorrida no Piauí com finalidades culturais é de 61 km, abaixo da média brasileira, que é de 66 km.

Piauí possui a 4ª maior distância média até aeroportos

Quando precisam utilizar um aeroporto, os piauienses percorrem uma média de 237 km, o 4º maior deslocamento encontrado no país. Apenas Mato Grosso (284 km), Amazonas (273 km) e Roraima (240 km) possuem médias superiores. A média nacional ficou em 174 km.

Dentre todos os temas investigados na pesquisa, o deslocamento para aeroportos foi o que obteve as maiores médias em todo o país. Isso se deve ao fato de que esses locais estão presentes em um pequeno número de centros urbanos, fazendo com que a maioria das cidades se desloque mais para acessá-los. No Piauí, o resultado teve influência da polarização exercida pela capital, Teresina, na oferta de serviços aeroportuários.

O estado do Amazonas, apesar da extensão territorial e de possuir municípios com acessibilidade mais remota, apresenta um maior número de aeroportos regionais, responsáveis por diminuir relativamente a distância dos deslocamentos quando comparado a Mato Grosso.

Os deslocamentos para aeroportos são os únicos em que as maiores médias não se concentram na região Norte (197 km), mas sim no Centro-Oeste (222 km). Em terceiro lugar, fica o Nordeste (179 km), em quarto a região Sul (159 km) e por último, com as menores distâncias, o Sudeste (157 km).

Com informações IBGE


Imagem: DRP



mais noticias




R. Desembargador Mota, Sem Número - Monte Castelo - Teresina/PI (86) 3326 2300 e (86) 3326 2301
Copyright © 2013 - Assembleia Legislativa do Piauí