Quase metade da população adulta do Piauí é insuficientemente ativa
21/11/2020 10:54

Quase metade (43,7%) da população piauiense com 18 anos ou mais de idade é considerada insuficientemente ativa, de acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde 2019, do IBGE. Insuficientemente ativas são pessoas que não praticaram atividade física ou praticaram por menos do que 150 minutos por semana. Para esse indicador, são consideradas as atividades realizadas no lazer, no trabalho e no deslocamento para o trabalho e desconsideradas aquelas feitas durante atividades domésticas. No Brasil, cerca de 40,3% da população adulta é insuficientemente ativa.

Apesar de ainda atingir quatro em cada dez pessoas no Piauí, o índice de população insuficientemente ativa caiu em relação à 2013, quando era de 51,9% no estado. Também em 2013, cerca de 46% dos adultos do Brasil eram insuficientemente ativos, taxa que também teve queda em 2019.

A proporção de pessoas insuficientemente ativas no Piauí é superior entre as mulheres do que entre os homens. Enquanto mais da metade das mulheres está nessa condição (51,1%), apenas 35,6% dos homens é considerado insuficientemente ativo no estado.

Em contrapartida, a pesquisa também mostra que o Piauí tem o maior percentual do país de pessoas que participam de programas públicos de incentivo à atividade física. Entre aqueles com 18 anos ou mais de idade no estado, cerca de 4,5% participam de iniciativas do poder público. Quanto a isso, a proporção de participação é maior entre as mulheres (6,1%) do que entre os homens (2,7%).  No Brasil, apenas 2,7% dos adultos participam de programas públicos de incentivo à atividade física.

Quanto às pessoas que praticam atividades físicas nos níveis recomendados, a pesquisa mostra que a maior parte (40,8%) dos adultos piauienses são ativos durante o trabalho. Nessa categoria, estão as pessoas que andam a pé, que fazem faxina pesada, que carregam peso ou que realizam outra atividade vinculada ao trabalho que requeira esforço físico intenso por pelo menos 150 minutos semanais. A proporção de adultos fisicamente ativos no trabalho é maior entre os homens (48,8%) do que entre as mulheres (30%).


Cerca de 30,1% da população adulta piauiense afirma realizar atividades físicas nos momentos de lazer. Os homens também estão em maior proporção nessa categoria, sendo que 31,2% deles pratica atividade física no lazer e, entre as mulheres, o índice é de 29,1%.

As mulheres estão em maior proporção entre os adultos que praticam atividade física durante os deslocamentos rotineiros no Piauí. Cerca de 26,7% das mulheres do Piauí caminham ou andam de bicicleta por pelo menos 30 minutos nos percursos habituais de ida e volta, enquanto 25,4% dos homens praticam atividade física no contexto de deslocamento.

Quanto à prática de atividade física durante a realização das atividades domésticas, as mulheres também estão em maior proporção. Cerca de 15,1% das mulheres do Piauí realizam faxina pesada ou outras atividades domésticas que requerem esforço físico intenso. Entre os homens, apenas 7,4% praticam atividades físicas nesse contexto.

Com informações IBGE


Imagem: BE
RUA DESEMBARGADOR MOTA, S/N - BAIRRO MONTE CASTELO/TERESINA-PI / CEP 64016-270 - TELEFONE (86) 3326 2300. Copyright © 2019 - TV Assembleia - Assembleia Legislativa do Piauí