Fundação Getúlio Vargas vai assessorar Governo do Piauí na área do desenvolvimento sustentável
22/09/2019 09:18

Em reunião, semana passada, no Rio de Janeiro, com o presidente da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Carlos Ivan Simonsen, o governador do Piauí, Wellington Dias tratou de parceria na qual a FGV prestará assessoramento técnico em diversas áreas do Estado, incluindo o desenvolvimento sustentável na programação de estudos.

Wellington enfatizou a competência e a vasta experiência da FGV e disse que a instituição pode ajudar muito no desenvolvimento do Piauí. “Temos um plano em execução programado para o desenvolvimento  do Piauí, tendo como referência o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e índice Gini, que mede a desigualdade. Assim, podemos, com um olhar técnico externo, ter uma avaliação nas áreas da educação, expectativa de vida e renda, a tempo de poder reorientar onde for necessário”, comentou Dias. 

"É possível nossa equipe, na programação de estudos e pesquisas que fazemos, priorizar o Piauí e, com isto, ajudar no detalhamento do Plano Plurianual até 2023 e na programação Piauí 2050." disse Carlos Ivan Simonsen.

Na oportunidade, o presidente da FGV e sua equipe apresentaram um esboço para o Plano de Aplicação dos Recursos da Educação no Piauí, no qual o secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, orienta no aspecto legal e para eficiência nos resultados. 

“Agora, seguindo orientações traçadas com a FGV para os investimentos em educação, voltados para melhorar a qualidade e nivelando mais escolas com grau de Ideb elevado, igual ou acima da média nacional. Vamos seguir eixos específicos com investimentos em nossa infraestrutura de educação com equipamentos/tecnologias avançadas para melhorar o aprendizado e profissionalização, reduzir o analfabetismo, focar na educação para jovens e adultos, reduzir a evasão escolar e abandono em escolas onde  este índice ainda é elevado e a proficiência em matemática, português, redação, ciências e outras disciplinas”, elencou o governador. 

De acordo com Wellington, também foi possível tratar do assessoramento que a FGV trabalha para o Piauí na recuperação de crédito e também na infraestrutura. “Nos apresentaram, por exemplo, os próximos passos para a primeira etapa do Porto de Luiz Correia, como um porto turístico e pesqueiro. Esta parte independe dos estudos em andamento para possível parceria público-privada, com investimentos maiores”, comentou Dias.


Edição Site TV Assembleia

Fonte: CCom - Por Tamyres Rebeca
Imagem: CCom
RUA DESEMBARGADOR MOTA, S/N - BAIRRO MONTE CASTELO/TERESINA-PI / CEP 64016-270 - TELEFONE (86) 3326 2300. Copyright © 2019 - TV Assembleia - Assembleia Legislativa do Piauí