Polifenóis na alimentação, amigo ou vilão?
11/03/2019 17:04

Os polifenóis são compostos orgânicos caracterizados pela presença de múltiplas unidades estruturais de fenol que são micronutrientes abundantes em nossa dieta que atuam como antioxidantes que melhora o sistema imunológico, entre outros benefícios que apresentarei a seguir. Esse composto pode ser encontrado em alimentos de origem vegetal e vem sendo muito consumido por atletas e por adoradores da estética, pois existem literaturas que reatam o seu poder no rejuvenescimento.

Um artigo publicado na revista Saúde Pública de 2009 elaborado por Ana Luísa Kremer Faller e Eliane Fialho explicam a relação inversa entre o consumo de frutas e hortaliças e a menor incidência de doenças crônicas não-transmissíveis (DCNT), como câncer e doenças cardiovasculares. Na publicação e feita a associação da composição química natural desses alimentos que possui polifenóis.

 

Ainda na pesquisa Luísa Kremer Faller e Eliane Fialho deixam claro que os principais grupos de polifenóis são os ácidos fenólicos, tendo como exemplos: o ácido clorogênico, presente no café; os estilbenos, como o resveratrol presente nas uvas e vinho; as cumarinas, como as furanocumarinas do aipo; as ligninas, como as lignanas da linhaça; e os flavonóides. Este último grupo é o maior e mais estudado, possuindo mais de 5.000 compostos identificados, e tem como principais alimentos-fonte frutas e hortaliças, chás, cacau, soja, dentre outros. Outros compostos estão em maiores concentrações em outros alimentos, como a quercetina na cebola, miricetina no brócolis, as antocianinas em frutas de coloração vermelha-arroxeada, tais como cereja, morango e uvas, e as flavanonas em frutas cítricas, como laranja e tangerina.

 

Os polifenóis ajudam a eliminar os radicais livres responsáveis pelo envelhecimento precoce e surgimento de muitas doenças. As ações fisiológicas exercidas pelos polifenóis já foram relacionadas à prevenção de doenças cardiovasculares, neurodegenerativas, câncer, entre outras, principalmente em função da elevada capacidade antioxidante. De acordo com a nutricionista Perla Menezes Pereira - CRN3 14198, são alguns tipos de compostos polifenólicos:

·         Hespiridina: presente na laranja e no limão; atua na redução do colesterol plasmático e na fragilidade capilar.

·         Quercitina: presente nas cebolas; atua como antiinflamatório e aumenta a biogênese mitocondrial.

·         Catequinas e epicatequinas: presentes no chá verde e branco; atua como antiinflamatório, reduz a gordura abdominal, diminui o apetite, diminui a concentração de triglicerídeos plasmáticos, aumenta o gasto energético, aumenta  a fotoproteção da pele, previne o câncer de próstata e de boca.

·         Resveratrol: presente no suco de uva integral, amora, chocolate amargo, castanhas e sementes oleaginosas; aumenta a fotoproteção da pele, aumenta o gasto energético, reduz  a concentração de LDL-c.

·         Curcumina: presente no açafrão e no curry (tempero indiano); atua na proteção vascular e cardíaca, é antiinflamatório.

·         Isoflavonas: presente na soja; atua modulando a tensão pré-menstrual e o metabolismo ósseo.

 

 

No entanto as dosagens devem ser administradas com cuidado. Pois os polifenóis podem alterar a absorção de outros nutrientes e medicamentos prejudicando a saúde. O ácido oxálico liga-se ao cálcio e outros cátions bivalentes, inibindo dessa forma a sua absorção a partir dos alimentos. O tanino é um polifenol que se ligam as proteínas, desnaturando-as, ou seja, modificando sua estrutura, havendo assim um decréscimo do valor nutricional do alimento protéico, além de alterações nas qualidades organolépticas do alimento. Os fitatos são compostos presentes nos alimentos vegetais (particularmente em grãos integrais), que se ligam ao ferro e ao cálcio, impedindo sua absorção. 


 *Luciana Hipólito de Sousa Coêlho é graduada em Fisioterapia com Especialidade em Fisioterapia em Terapia Intensiva -UTI em Fortaleza pela Inspirar com atualização em cardiorespiratório e capacitação em fisioterapia funcional neurológica (estimulação precoce e neuro-infantil) e capacitação em fisioterapia em terapia intensiva e cárdio-respiratória neonatal, infantil, e adulto em Fortaleza. Contato: (86) 3221-9646 /99582-2020 / Atende no centro de saúde & estética São Ponciano .


Fonte: Teresina Diário

Imagens: Teresina Diário

Edição: Site TV Alepi

RUA DESEMBARGADOR MOTA, S/N - BAIRRO MONTE CASTELO/TERESINA-PI / CEP 64016-270 - TELEFONE (86) 3326 2300. Copyright © 2019 - TV Assembleia - Assembleia Legislativa do Piauí